O sonâmbulo


Tempo de encerrar este lugar. Sucede quando não há mais para dizer, quando não nos revemos já na personagem a que demos voz, quando, vazia de sentido, esta se torna incompreensível de significado. Durante meses fui a alma desta criatura, ficcionando-lhe uma vida, sonambulismo literário para um acordar, afinal, prosaico.
Cada leitor conseguirá por si reconstruir o que seja. A ser assim, será isso o mérito do que ficou.

+
Fonte da imagem: aqui